Com o aumento das movimentações de compras e vendas online no período da pandemia, também aumentou de uma forma geral a ocorrência dos golpes cibernéticos, e entre eles, o roubo e a extorsão através do whatsapp.

Para evitar problemas, tenha muito cuidado com a clonagem de números, pois na maioria das vezes, o golpe ocorre após o clique em anúncios nas plataformas online de compras e vendas, sendo comum também em redes sociais. O criminoso liga, envia SMS ou manda uma mensagem no e-mail, dizendo que chegará um código promocional com um número de confirmação. Ele ganha a confiança se passando por um funcionário de site de compras, ou ainda, fingindo ser gerente de um aplicativo, se passando por um gestor de uma rede de hotéis, um atendente de emissoras ou do rádio, inventando ser da equipe de um banco… O criminoso sonda a vítima e cria, com muita sagacidade, um personagem que passa confiança para conseguir as suas informações pessoais.

O enganador pede para que a vítima informe a ela esse código que chegou no telefone, que na verdade, é o número de verificação do WhatsApp. Com ele, consegue clonar a conta do consumidor!

a) Primeiro de tudo, é preciso focar na prevenção contra o roubo, fazendo o uso da autenticação de dois fatores. Com ela, o WhatsApp detecta que alguém está tentando usar o seu número para registrar uma outra conta e você recebe uma notificação. Por isso, é importante que o código de verificação que chega por SMS em hipótese alguma seja repassado para outras pessoas. Ative a “Confirmação em duas etapas” no WhatsApp. Copie, cole em seu navegador e acesse o link para ver como: https://faq.whatsapp.com/general/verification/about-two-stepverification/?lang=pt_br

b) NUNCA forneça o código verificador que você recebe via SMS em seu celular.

c) Não instale aplicativos de terceiros ou compartilhe informações pessoais a pedido de ninguém pelo whatsapp.

d) Desconfie de situações em que a pessoa solicita a realização de transferências e pagamentos em caráter de urgência.

e) Ligue para a pessoa que solicitou o dinheiro e verifique se realmente é ela quem está solicitando a transação.

Conte sempre com nossa equipe para ajudar sua empresa em quaisquer situações, pois estamos dispostos a manter seus dados e contatos seguros!